Cidade

Localizada a 17 km da capital e integrante da região do Grande ABC Paulista, Diadema é uma das cidades mais jovens do país.

Com a Rodovia dos Imigrantes, um dos principais acessos ao litoral paulista, e que cruza o município, Diadema é uma cidade industrial que oferece diversas atrações aos visitantes, como parques, Museu de Arte Popular, centros culturais e uma diversificada gastronomia capaz de atender todos os paladares.

Em 1925, com o início da construção da Represa Billings, a região do Eldorado passou a despertar o interesse de moradores da capital que buscavam opções de lazer.

Até a década de 40, a região que viria a se tornar Diadema era composta por quatro povoados pertencentes a São Bernardo: Piraporinha, Eldorado, Taboão e Vila Conceição. Dispersos, eles eram ligados apenas por caminhos precários.

A Via Anchieta, inaugurada em 1947, representa uma nova fase da industrialização paulista. Ao longo dessa estrada, instalaram-se grandes indústrias multinacionais e em Diadema, principalmente empresas nacionais que produziam, na sua maioria, autopeças.

O desenvolvimento atraiu migrantes do Nordeste e de Minas Gerais, formando uma população com grande diversidade sociocultural.

Em 1948, com a Lei nº 233, criou-se o Distrito de Diadema. Diversas transformações ocorreram na região do ABC Paulista a partir dos anos 50, como abertura de estradas, industrialização, migrações, novos loteamentos e crescimento das cidades. Essas mudanças estimularam a emancipação de Diadema. Havia o entendimento de que mudar de distrito para município favoreceria o desenvolvimento local.

Em 1959, realizaram-se as primeiras eleições para os poderes Executivo e Legislativo de Diadema. E, no dia 10/01/1960, com a posse do primeiro prefeito, vice-prefeito e vereadores, instalou-se oficialmente o novo município.

Diadema tem a segunda maior densidade demográfica do país (12,5 mil habitantes por km², segundo Censo de 2010), tem a maior população negra do país e é reconhecida como a primeira cidade a ter uma Casa de Hip Hop, fundada em 25 de julho de 1999, considerada mais do que apenas um local de arte, é também um espaço educacional e de formação cidadã.