Outros Serviços da Habitação

 

Emissão de documento, após vistoria regulamentar, em que conste identificação do proprietário (nome e endereço de correspondência), identificação da obra (local, loteamento, lote e quadra, inscrição imobiliária), autor do projeto, responsável, natureza da obra, alvará de construção e área construída, para fins de alteração de uso.

 

Quem pode solicitar? Proprietário, Responsável Técnico ou Procurador; ou ainda, Cônjuge ou Inventariante do Proprietário.

Quem é o Interessado? Proprietário/Compromissário conforme cadastro imobiliário (IPTU).

Taxa: Na saída 0,2 UFD (m²).


Documentação Necessária:

1. Deverá informar:
— Número da Inscrição Imobiliária (IPTU)     
— Número do Processo de regularidade da Construção                                         
                                                                                                                                                                                          
2. RG e CPF, ou CNH, ou Identificação Profissional

3. Contrato Social ou Documento equivalente (para pessoa jurídica, se for o caso)

4. Procuração recente, ao Requerente (se for o caso)

5. Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) para uso industrial, comercial, institucional ou serviços, em imóvel acima de 100m², ou sala comercial localizada em prédios com mais de 100m², ou ainda residência multifamiliar com mais de 400m²

6. Peças Gráficas em formato DWF (indicando o local, metragem e categoria do uso pretendida) nos casos em que as condições de segurança forem alteradas, anexar, também: veja um Modelo
      — Laudo Técnico (assinado digitalmente pelo Responsável técnico)
      — ART/RRT e boleto com comprovante de pagamento
      — Procuração recente, ao Responsável Técnico (outorgando poderes, inclusive, assinar o Laudo)
OBS: O Responsável Técnico deve possuir Registro Profissional no município, na validade

Orientações:

- É necessário que o Responsável Técnico possua certificado digital instalado no computador e utilizar o navegador Google Chrome
- O Responsável Legal deve outorgar procuração ao Responsável Técnico tendo em vista que o sistema não permite que o documento seja assinado digitalmente em conjunto.

 

Onde solicitar:

Somente através de Processo eletrônico, clique aqui. Consulte, sempre que precisar, os Manuais de Instruções do Processo Eletrônico.

 

 

Legislação: LC Nº 473 de 18/12/2019 - Plano Diretor do Município de Diadema
LC Nº 455 de 21/12/2018 - Código de Convivência Urbana
LC Nº 59 de 23/08/1996 - Código de Obras e Edificações
Decreto Nº 7406 de 2017 alterado pelo Decreto Nº 7613 de 2019 - Processo Eletrônico
Decreto Nº 6979 de 27 de Março de 2014 - Normas Processuais