SECRETÁRIO

Geraldo Antônio da Silva

Contato: 

11 4057 8001

SESA EM DESTAQUE

Diadema lembra Dia da Saúde e Nutrição com conscientização
Diadema realiza Campanha do Pescado na Semana Santa
Segurança Alimentar amplia parcerias do Banco de Alimentos em Diadema
Conheça Geraldo Antonio da Silva, o novo secretário de Segurança Alimentar

 O Projeto formou o ano passado 76 moradores de Diadema e objetivo é requalificar para o mercado de trabalho e fomentar renda

Uma turma de 30 alunos começou frequentar o curso “Culinária Básica com Introdução à Economia Solidária” do Projeto Cozinha Criativa. A formação oferecida, gratuitamente, pelo município, está sendo presencial e as aulas acontecem duas vezes por semana, às segundas e quartas-feiras, na parte da manhã, no Centro de Referência de Segurança Alimentar e Nutricional de Diadema (CRESAND). 

O curso é organizado pela Secretaria de Segurança Alimentar (SESA) e busca oferecer qualificação profissional a moradores de Diadema nos segmentos nutrição e alimentação. Realizada em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho e a Fundação Florestan Fernandes, outro objetivo é a inserção no mercado de trabalho, fomentar o empreendedorismo e também a geração de renda. 

Em visita, nesta quarta-feira (16/2), aos alunos do “Culinária Básica”, o secretário da SESA, Gel Antônio, falou da importância da política de segurança alimentar e nutricional desenvolvida no município e o quanto ela integra as diversas políticas públicas no combate à fome. “Diadema há muitos anos vem fazendo ações que conscientizam a população sobre a questão alimentar e nutricional e também sobre o direito à alimentação humana. O munícipio tem várias indústrias na área da alimentação e por isso temos a preocupação de qualificar os moradores, para que em grupos solidários ou de maneira individual, possam obter uma forma de renda nesse momento tão difícil de desemprego”, disse.

Novo curso -Durante a visita aos alunos, o secretário adiantou que um novo curso foi elaborado pelo Projeto Cozinha Criativa, o “Aperfeiçoamento em Culinária e Gestão de Empreendimentos”, e que em março as aulas começam. 

“Essa formação é para quem já fez o “Culinária Básica”, e queira se aprofundar mais nas questões alimentares. Vamos passar informações, entre outras coisas, sobre nutrição para diabéticos, preparo de receitas sem glúten e sobre o uso de panc, que são plantas alimentícias não convencionais”, revela a coordenadora técnica do projeto e nutricionista Fernanda Barbirato Augusto. 

Também durante o curso os alunos vão aprender sobe autogestão e planos de negócios e formação e legalização de um empreendimento.  

 

Por Iara Santos Luz/ Débora Gomes

Foto Divulgação PMD