SECRETÁRIA

Rejane Calixto

Contato:

11 4057-7000

SAÚDE EM DESTAQUE

Varíola dos macacos (monkeypox): tire suas dúvidas
Campanha multivacinação é prorrogada até o dia 30 de setembro
Diadema amplia público-alvo para vacinas contra HPV e meningocócica ACWY
Apoio emocional e medicamentos são recursos para parar de fumar

 

Novas diretrizes do Plano Nacional de Imunização contemplam vacinação contra o HPV para meninos de 9 e 10 anos de idade. Outra mudança é que meninas e meninos de 13 e 14 anos podem ser imunizados contra meningocócica ACWY

 

A Prefeitura de Diadema, por meio Secretaria Municipal da Saúde (SMS), informa que, a partir desta semana, o Programa Municipal de Imunização em consonância com os Programas Nacional e Estadual de Imunização, realiza a ampliação da faixa etária dos vacinados contra o HPV (sigla em inglês para papilomavírus humano) e contra a meningocócica ACWY.

A ampliação da faixa etária tem como objetivo aumentar a cobertura vacinal de crianças e adolescentes para imunizantes de extrema importância a esses públicos e, assim, evitar possíveis surtos das doenças.

 

Vacina HPV

A Coordenação Geral do Programa Nacional de Imunizações (CGPNI) ampliou a faixa etária dessa vacinação para o sexo masculino, com a inclusão da faixa etária de 9 e 10 anos de idade, dando continuidade à oferta gradativa desse imunobiológico, já proposta em 2014, igualando a recomendação já em curso para as meninas na faixa etária de 9 a 14 anos. Até então, a orientação do Programa Nacional de Imunizações (PNI) era vacinar meninos de 11 a 14 anos, mas Diadema já tinha optado anteriormente por beneficiar crianças de 10 a 14 anos, por entender a importância da imunização deste grupo. 

A vacina contra o HPV protege contra doenças infecciosas da pele e das mucosas atingindo principalmente a região genital, podendo se transformar em vários tipos de cânceres. Outro benefício da vacina é reduzir a ocorrência de verrugas genitais, conhecidas como condiloma.

 

Vacina meningocócica ACWY (conjugada)

A vacina meningocócica ACWY foi implantada, em 2020, para adolescentes de 11 e 12 anos e casos específicos, segundo indicação do manual. A partir de agora, adolescentes de 13 e 14 anos, de ambos os gêneros, também podem ser imunizados. A ampliação do público-alvo é uma medida temporária e vale até junho de 2023, conforme definição do PNI.

A Vacina ACWY (vacina meningite) é uma vacina inativada, logo, não há como provocar a doença. O imunizante protege contra doenças meningocócicas invasivas causadas por Neisseria meningitidis dos sorogrupos A, C, W-135 e Y conjugados.

“Diante das evidências positivas do uso dessa vacina como reforço na adolescência e as baixas coberturas vacinais que se agravou a partir de 2020, o PNI disponibilizará temporariamente a vacina meningocócica ACWY também para adolescentes de 13 e 14 anos não vacinados”, esclarece Shirley Felix Cezario de Melo, Coordenadora do Programa Municipal de Imunização.

As vacinas estão disponíveis nas 20 UBSs, de segunda a sexta-feira, conforme horário de funcionamento de cada UBS. Confira o endereço das unidades em: http://www.diadema.sp.gov.br/enderecos/324-contato/ubs. 

 

Por Tatiana Ferreira

Foto: Mauro Pedroso