SECRETÁRIA

Rejane Calixto

Contato:

11 4057-7000

SAÚDE EM DESTAQUE

Diadema antecipa doses de reforço programadas até 05 de janeiro; saiba onde tomar a vacina
Prestação de contas do primeiro ano da gestão
Diadema reorganiza atendimento devido aumento de casos gripais

Neste sábado (16), a Atenção Básica abrirá as 20 Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Diadema a partir das 8h30 às 16h, para mais um Dia V de vacinação. Neste dia haverá a aplicação da vacina contra a covid-19 (primeira, segunda e terceira dose) nos públicos elegíveis e atualização da caderneta de vacinação de crianças, adolescentes e adultos (com as vacinas que fazem parte do escopo da campanha de multivacinação). Também será realizado um mutirão de saúde com os beneficiários do Bolsa Família, como parte das atividades pelo Dia Mundial da Alimentação. 

Confira aqui a lista das unidades: http://www.diadema.sp.gov.br/enderecos/324-contato/ubs 

Covid-19

No “DIA V” poderão ser vacinados com a primeira dose qualquer morador de Diadema acima de 12 anos (com ou sem comorbidade), além dos demais contemplados nos grupos anteriores e que por algum motivo ainda não foram vacinados; pessoas aptas a tomarem a segunda dose (D2), inclusive as que já estão com a dose em atraso; ou ainda a terceira dose (D3) ou dose adicional para os idosos com idade igual ou superior a 60 anos ou profissionais de saúde acima de 18 anos, desde que tenham recebido a segunda dose há pelo menos seis meses. Também podem tomar a dose adicional as pessoas com doença imunossupressora, desde que a segunda dose (D2) tenha sido feita há pelo menos quatro semanas (28 dias). 

Vale lembrar que o município adotou a antecipação da segunda dose de Pfizer. Desta forma, todas as pessoas que já completaram 8 semanas de intervalo da data de administração da primeira dose de Pfizer estão aptas para tomar a segunda dose da vacina. 

Até o momento, Diadema já aplicou 581.992 doses contra a covid-19, sendo 331.337 primeiras doses, 233.492 segundas doses, 6.924 doses de reforço e 10.239 doses únicas. 

Documentos necessários para receber a vacinação covid-19: 

1ª dose (D1): obrigatório apresentar um documento pessoal com foto (CNH ou RG), o Cadastro de Pessoa Física (CPF) - tanto a versão física, digital e/ou a declaração impressa do site da Receita Federal -, e o comprovante de endereço de Diadema (*) no próprio nome (ou carteirinha de matrícula da UBS). Também é necessário fazer o pré-cadastro no site: http://www.vacinaja.sp.gov.br

2ª dose (D2): Em caso de segunda dose, é obrigatório apresentar um documento de identificação pessoal com foto (RG ou CNH), CPF, comprovante de endereço de Diadema no próprio nome (ou carteirinha de matrícula da UBS) e o comprovante da primeira dose aplicada em um dos postos do município de Diadema.

3ª dose (D3): Para receber a dose adicional, será necessário apresentar documento pessoal com foto (CNH ou RG), o Cadastro de Pessoa Física (CPF) - tanto a versão física, digital e/ou a declaração impressa do site da Receita Federal -, o comprovante de endereço de Diadema no próprio nome (ou carteirinha de matrícula da UBS) e o comprovante de vacinação com a D2 feita há pelo menos seis meses. Para profissionais da Saúde, também é exigido o Comprovante de vacinação de D1 e D2 feita no município de Diadema.

(*) Se não houver um comprovante de endereço no nome da pessoa que irá se vacinar, poderão ser apresentados (de forma física ou digital), comprovante que esteja em nome dos pais, mas desde que seja apresentado junto um documento que comprove esse parentesco (como certidão de nascimento, casamento, RG, entre outros). Confira aqui os documentos que podem ser considerados como comprovantes de residência: http://www.diadema.sp.gov.br/covid/26838-vacinacao-covid-quais-documentos-valem-como-comprovante-de-residencia.

Campanha de Multivacinação

A Campanha de Multivacinação teve início no dia 1º de outubro e segue até o dia 29 deste mês, com o objetivo de realizar a atualização da caderneta de vacinação. A meta é atualizar caderneta de vacinação de todas as faixas etárias, desde os recém-nascidos até adolescentes menores de 15 anos de idade (14 anos 11 meses e 29 dias) não vacinados ou com esquemas vacinais incompletos. Além do público-alvo desta campanha, as UBS de Diadema vão além e também atualizarão a caderneta de vacinação dos adultos.

Neste Dia V de mobilização nacional, as 20 UBS estarão abertas para multivacinação das 8h30 às 16h. Os pais ou responsáveis devem levar os menores a um dos postos de vacinação com a caderneta de vacinação e os documentos pessoais, para que um profissional avalie quais doses precisarão ser aplicadas, tanto para eventual situação de atraso, falta ou necessidade de reforço. Em situações de perda da caderneta de vacinação, a recomendação é de que os pais ou responsáveis compareçam ao mesmo posto de saúde onde vacinaram as crianças anteriormente, para que seja possível consultar quais doses já foram aplicadas na ficha de registro arquivada na unidade ou no sistema de informação. Para os adultos que não tiverem caderneta de vacinação, basta comparecer com documento original com foto em uma das UBS. 

“Quem tem vacina atrasada ou dúvida sobre o calendário de vacinação, deve se dirigir à UBS mais próxima à sua residência, para que o profissional de saúde faça uma avalição da situação vacinal e orientações necessárias. A atualização vacinal tem como principal objetivo garantir o controle de doenças como, o sarampo e a poliomielite, que ameaçam voltar pela baixa adesão às vacinas”, alerta Ferla Cirino, coordenadora do Programa Municipal de Imunização.   

Além de oportunizar o acesso às vacinas contempladas no Calendário Nacional de Vacinação, a campanha tem como principais objetivos: atualizar a situação vacinal; melhorar as coberturas vacinais; diminuir a incidência e contribuir para o controle, eliminação e/ou erradicação das doenças imunopreveníveis.

A estratégia oferta, durante todo o período de campanha, 16 vacinas que protegem contra cerca de 20 doenças (veja lista abaixo). 

 Veja quais são as vacinas disponíveis:

- Vacinas disponibilizadas para crianças: BCG (tuberculose); Hepatite B; Poliomielite 1,2,3 (VIP - inativada); Poliomielite 1 e 3 (VOP - atenuada); Rotavírus humano G1P1 (VRH); DTP+Hib+HB (Penta); Pneumocócica 10 valentes; Meningocócica C (conjugada); Febre Amarela (Atenuada); Sarampo, Caxumba, Rubéola (SCR); Sarampo, Caxumba, Rubéola e Varicela (SCRV); Hepatite A (HA); Difteria, Tétano, Pertussis (DTP); Difteria, Tétano (dT); Papilomavírus humano (HPV); Varicela. 

- Vacinas disponibilizadas para adolescentes: Hepatite B (HB recombinante); Difteria, Tétano (dT); Febre amarela (Atenuada); Sarampo, Caxumba e Rubéola (SCR); Papilomavírus humano (HPV); Meningocócica ACWY (conjugada).

Bolsa Família 

Para lembrar o Dia Mundial da Alimentação, instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU), em todo dia 16 de outubro, a Prefeitura de Diadema realiza de 14 a 23 de outubro a Semana Municipal da Alimentação. O evento reúne uma série de atividades gratuitas espalhadas pela cidade (confira a programação completa aqui: http://www.diadema.sp.gov.br/27168-diadema-realiza-semana-municipal-da-alimentacao).

Uma delas, realizada no sábado, dia 16 de outubro, será a abertura das unidades da Atenção Básica para a campanha de vacinação, as 20 UBS farão a ação de intensificação para avaliação dos beneficiários do Programa Bolsa Família para acompanhamento e atualização do cadastro no programa. A ideia é otimizar o acompanhamento das condicionalidades com foco no acompanhamento do crescimento e desenvolvimento infantil.  

“Todos os beneficiários do Bolsa Família foram e estão sendo convocados pelas equipes de saúde para que compareçam no sábado para multivacinação, pesagem e avaliação nutricional, já que a evolução do estado nutricional dos beneficiários é uma forma de avaliação direta da efetividade do programa Bolsa Família”, explica Maria Luiza Malatesta, coordenadora da Atenção Básica. 

A atividade com beneficiários do Programa Bolsa Família será repetida no dia 23 de outubro. A programação pode variar de acordo com a demanda de cada unidade. 

 

Por Tatiana Ferreira

Foto: Dino Santos