SECRETÁRIA

Márcia Barral

Contato:

11 4057-7817

SASC EM DESTAQUE

Secretaria de Assistência Social e Cidadania lança editais de parcerias com a Prefeitura
Secretaria de Assistência amplia horário de atendimento do CadÚnico
Exposição "Vidas Invisíveis?" leva multidão à Fábrica de Cultura
Centro de Convivência Municipal do Idoso celebra 26 anos

A partir de 08 de agosto, Diadema ampliará o horário de atendimento para o Cadastro Único, passando a funcionar de segunda a sexta-feira, das 7 às 18 horas.

“Essa medida visa intensificar as ações para as famílias que precisam de atualização cadastral para que não sofram prejuízo sobre seus benefícios, como Auxilio Brasil e BPC/LOAS. Tal ação é denominada Focalização Cadastral,” afirmou a secretária municipal de Assistência Social e Cidadania, Márcia Barral. “Nosso objetivo é de atender 12.000 famílias entre os meses de agosto a dezembro.”

As famílias já cadastradas SERÃO CHAMADAS por meio de correspondência onde constará data, horário e local de atendimento. Essa informação também poderá ser obtida por meio de consulta ao site da prefeitura, no link http://scriptcaseprod9.diadema.sp.gov.br/sasc_recadastramento/control_consulta_cpf/ 

Não será preciso esperar em filas em lugar algum.

Na data e local de atendimento o responsável familiar deverá comparecer apresentando documentos originais de todas as pessoas residentes na moradia: 

  • Das pessoas com 16 anos ou mais: RG, CPF, Título de Eleitor, Carteira de Trabalho, Holerite ou Extrato de Rendimentos e comprovante recente de residência em nome de um dos moradores
  • Das pessoas com 15 anos ou menos: RG ou Certidão de Nascimento, Nome completo da escola e série na qual estuda

Deste modo, a focalização cadastral possibilitará o atendimento das demandas de atualização do Cadastro Único que, juntamente com nossas ações anteriores, atingirá 100% da demanda de atualização, chegando a 70% da demanda total, que inclui o pedido de novos auxílios. 

“Seguiremos atendendo para incluir todas as famílias em situação de vulnerabilidade que se enquadrem nos requisitos e são as que mais precisam neste momento de crise,” explicou a secretária.