SECRETÁRIO

 

Odair Cabrera

Contato:

11 4057-6713

Sobre a secretaria

SAGEP EM DESTAQUE

Confira gabarito da prova para contratação de agente de apoio escolar
Prefeitura divulga nomeações para professores e médico
Acesse o Portal do Servidor
Conheça Odair Cabrera, o secretário de Gestão de Pessoas

A Prefeitura de Diadema vai reajustar a bolsa-auxílio oferecida aos integrantes do programa Bairro Melhor, que capacita 600 pessoas em ações relacionadas à zeladoria pública do município. Foi protocolado nesta segunda-feira (9) projeto de lei com aumento do benefício, elevando de R$ 550 para R$ 706, um acréscimo de 28,3% o valor.

Na justificativa do projeto de lei, o prefeito José de Filippi Júnior pontuou que o reajuste busca recuperar o poder de compra dos integrantes do Bairro Melhor diante da alta da inflação – nos últimos 12 meses, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) observou inflação de 11,3%.

“Atualmente a bolsa-auxílio equivale a 50% do salário mínimo vigente, auxílio esse que colabora nas despesas mensais dos bolsistas e seus familiares. Com a inflação crescente, as dificuldades de sobrevivência vêm se agravando”, afirmou o prefeito, no texto enviado à Câmara. 

Caso os vereadores aprovem em dois turnos, em vez dos 50% do salário mínimo vigente, o benefício será de 58,25% do salário mínimo vigente. “Esta medida certamente proporcionará aos bolsistas uma ajuda adicional para cumprir com suas obrigações mensais, seja na alimentação, moradia ou outras despesas do dia a dia”, adiantou o prefeito.

A proposta foi levada à Câmara pelos secretários de Governo, Dheison Renan, de Planejamento, Fatinha Queiroz, de Gestão de Pessoas, Odair Cabrera, e de Meio Ambiente e Serviços Urbanos, Wagner Feitoza, o Vaguinho. Eles foram recepcionados pelo presidente da Casa, Josa Queiroz, e pelos vereadores Boquinha e Zé do Bloco.

Bairro Melhor
O programa Bairro Melhor disponibiliza 600 bolsas para capacitação profissional e de cidadania, com atividades práticas junto aos órgãos da Prefeitura. Dentre as ações, destacam-se aquelas relacionadas à limpeza pública, à conservação de áreas verdes e praças, à manutenção dos equipamentos públicos e à limpeza e manutenção nas vias públicas, bem como a realização de pequenas obras de manutenção e melhorias nos núcleos habitacionais.

São 300 vagas para mulheres e outras 300 para homens, que passam por processo de inscrição e seleção. Os aprovados – mediante critérios sociais – trabalham por quatro horas.