Tamanho do Texto

Mudança vai trazer melhores condições de acolhimento e ampliar atividades oferecidas aos pacientes

Por: Renata Nascimento

Os mais de 300 moradores de Diadema atendidos no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) III – Norte passam a contar, a partir de 18 de fevereiro, com um espaço mais amplo, funcional e com acessibilidade. O serviço funcionará em um novo prédio na Rua Capibaribe, 193, no bairro Campanário.

“A mudança do CAPS Norte para o novo prédio possibilitará mais conforto para os internados, bem como melhores condições para acolhimento e atenção à saúde mental para os usuários que buscam o serviço. Haverá, também, espaços suficientes para atividades coletivas terapêuticas e geração de renda”, ressaltou o secretário municipal de Saúde, Luís Claudio Sartori. O novo local está a dois quilômetros do antigo e contempla quatro salas grandes, três menores, duas cozinhas, recepção, sala para arquivos e seis banheiros. Na parte externa do imóvel, são quatro salas, dois banheiros, uma quadra e um salão coberto. 

Para que essa transição do serviço no novo espaço seja realizada adequadamente, o CAPS III Norte ficará com as atividades suspensas de 11 a 18 de fevereiro. Nesse período, a referência para atendimento é o setor de psiquiatria do Pronto Socorro no Hospital Municipal de Diadema (HMD). “A transição será realizada buscando a continuidade dos serviços prestados e não haverá prejuízo para o acompanhamento dos pacientes”, afirmou o secretário.

Preparação

Adequações de salas para atendimento médico e instalação de chuveiros para pacientes em acolhimento foram algumas das melhorias realizadas no novo prédio para receber o Centro de Atenção Psicossocial. O espaço é próprio e estava, até 2018, cedido ao SESI (Serviço Social da Indústria). A devolução das chaves foi realizada em dezembro do ano passado.

O prédio antigo também passará por reforma para implantação do segundo Serviço de Residência Terapêutica (SRT) para munícipes que estão internados em Hospitais Psiquiátricos sem indicação clínica.

Saúde mental na cidade

O CAPS III Norte é referência para indivíduos com sofrimento psíquico grave e persistente dos bairros Jardim Reid, Maria Teresa, Canhema, Paineiras, Jardim das Nações e Jardim ABC. O serviço funciona 24h para pacientes em tratamento. Pessoas que precisem de acolhimento e avaliação podem procurar o plantão de acolhimento de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

O município possui uma Rede de Atenção Psicossocial de Diadema (RAPS) com três Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) III Gerais, um CAPS III Álcool e Droga, um CAPS Infantojuvenil, que atendem cerca de 2.600 pacientes, além de pronto-socorro e enfermaria de psiquiatria do Hospital Municipal e um Serviço de Residência Terapêutica (SRT).

 

Serviço:

Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) III Sul/Oeste 

Rua Nelson Rodrigues, 191 – Vila Conceição.

Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) III Centro/Leste

Avenida Sete de Setembro, 18 – Centro.

Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) III – Norte

Rua Capibaribe, 193 – Campanário.

Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) Álcool e Drogas (AD)

Rua Oriente Monti, 28 – Centro – 3ºandar.

Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) II Infanto Juvenil

Rua Oriente Monti, 28 – Centro – 2ºandar.

Hospital Municipal de Diadema (HMD)

Avenida Piraporinha, 1682 – Piraporinha.

 

Março 2019
Do Se Te Qu Qu Se
24 25 26 27 28 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31 1 2 3 4 5 6