Tamanho do Texto

 

Cidade será a primeira da região a ter este material

Por: Keila Macedo/ Lucas Montagnini

Nesta sexta-feira, 9/11, foi realizado no Quarteirão da Saúde, um workshop para apresentar e discutir os resultados do projeto Atlas Ambiental do município de Diadema. Trata-se de um trabalho pioneiro produzido por docentes, técnicos, alunos de graduação e pós-graduação do curso de Ciências Ambientais da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP – Campus Diadema), Instituo Brasileiro de Geografia e Estatística, (IBGE), em parceria com a Prefeitura de Diadema. 

O Atlas Ambiental visa disponibilizar acesso ás informações que permitam mapear as características do ambiente natural, urbano e social de Diadema, além de realizar ações conjuntas entre a municipalidade e a comunidade científica – tecnológica e demais profissionais engajados no projeto. 

“Nosso objetivo é apresentar os resultados de um ano de levantamento de dados. Vamos sincronizar as informações do IBGE e da Prefeitura. Este Atlas de Diadema será uma importante ferramenta para nortear as políticas ambientais”, comentou a professora da UNIFESP Ana Luísa Bitecourt. 

O Atlas está sendo desenvolvido por diversas equipes dedicadas a temáticas diferentes: Meio Físico: geologia, geomorfologia, solos, recursos hídricos, fauna, flora, biodiversidade e atmosfera; Meio Urbano: evolução do meio urbano (serie histórica a partir de fotografias aéreas), clima urbano/qualidade do ar, solos urbanos, áreas de riscos, resíduos, fontes poluidoras, saneamento/tratamento; Saúde e Meio Ambiente; Educação, Arte, Cultura e Etnologia; Gestão e Políticas Públicas: prognósticos atuais e perspectivas futuras; Direito Ambiental. 

“Com o mapeamento teremos uma qualidade de informação muito importante, que irá auxiliar para uma gestão eficiente. Estamos somando esforços e vai dar muitos frutos para a cidade”, comentou o vice-reitor da Unifesp, Nelson Sass. 

Para a secretária de Meio Ambiente, Tatiana Capel, um projeto desta magnitude é muito importante para o município “Um estudo dessa profundidade e detalhamento é inédito no ABC Paulista. Dessa forma, podemos ter dados ambientais sobre fauna, flora, poluição atmosférica concentrados em um único material. Esta parceria engloba todas as áreas da prefeitura. Estamos trabalhando e ansiosos para ver o resultado final”, afirmou. 

O workshop contou com a presença, do vice-reitor da UNIFESP, Nelson Sass, do vice-diretor do campus Diadema UNIFESP, Flamínio de Oliveira Rangel, corpo docente e  alunos da universidade, além dos secretários de Meio Ambiente, Tatiana Capel, Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Laércio Soares, e técnicos da prefeitura. 

Na parte da tarde,  será realizada uma integração entre os grupos de trabalhos, apresentação de dados do IBGE, além da proposta de planejamento para 2019. 

Novembro 2018
Do Se Te Qu Qu Se
28 29 30 31 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 1