Tamanho do Texto

 

Por: Beatriz Lucas 

Com aulas de rap, hip hop, dança de rua, graffiti, discotecagem e escola de pandeiro, o grupo Matéria Rima em parceria com o Programa Cidade na Escola, da Secretaria de Educação de Diadema, vem mudando o cenário das escolas municipais e conquistando a garotada.  

Este ano, pela segunda vez, o Matéria Rima é semifinalista do Prêmio Itaú-Unicef, na categoria 2 (Parceria em Ação), com a EM Deputado Freitas Nobre. Dos mais de 3.500 projetos inscritos, que trabalham pela garantia de direitos de crianças, adolescentes e jovens em todo o país, Diadema foi uma das selecionadas.

“A EM Deputado Freitas Nobre passa por uma transformação cultural. Hoje, os alunos se sentem parte da escola. Estamos mostrando para o país um projeto educacional modelo. Diadema está na semifinal novamente. Eu fico feliz, pois mesmo com tão pouco, devido a crise que o país passa, conseguimos transformar muito”, destacou o prefeito Lauro Michels. 

As ações do Cidade na Escola são desenvolvidas em 18 escolas do município atendendo 1.479 crianças em oficinas, uma vez por semana com duração de duas horas. “Acreditamos que atividades diferenciadas possibilitam a ampliação de oportunidade educativa a nossos alunos e impacta de maneira positiva na qualidade da educação em nosso município”, ressaltou o secretário de Educação, Cacá Vianna.  

Em sua 13ª edição, o Prêmio Itaú-Unicef apóia e valoriza projetos que oferecem ao público infanto-juvenil ações educativas, culturais e de proteção social. “O Matéria Rima é voltado principalmente para alunos com defasagem em aprendizagem e que estão em vulnerabilidade social. A proposta é contribuir com a escola para a redução desse quadro”, afirmou o fundador e coordenador do Grupo Matéria Rima, Jodson do Nascimento Silva, o Joul. 

O prêmio para os semifinalistas é de R$ 40 mil, sendo R$ 20 mil para a instituição e R$ 20 mil para a escola parceira. Para a premiação final: 1º lugar: R$ 400 mil (R$ 200 mil para a instituição; R$ 200 mil para escola parceira); 2º lugar: R$ 360 mil (R$ 180 mil para a instituição; R$ 180 mil para escola parceira).

Com o dinheiro do prêmio é possível investir nas oficinas do Matéria Rima, na ampliação e na qualificação do projeto.

 

Setembro 2018
Do Se Te Qu Qu Se
26 27 28 29 30 31 1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 1 2 3 4 5 6