Tamanho do Texto

 

Por: Gabriella Camilo

Pela primeira vez, Diadema terá um mapeamento das questões ambientais e urbanas do município. A cidade ganhará um Atlas Ambiental, produzido pelos docentes, técnicos e alunos do curso de Ciências Ambientais da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) em parceria com funcionários e técnicos da Prefeitura de Diadema. O Atlas está em fase de elaboração da proposta e a previsão, inicialmente, é de três anos para ficar pronto. 

O Atlas ambiental vai conter informações de como os recursos hídricos, o solo, a vegetação e o ar se desenvolvem na cidade e como o sistema urbano afeta a natureza. O Atlas será feito nos formatos digital e impresso. “Diadema é um verdadeiro laboratório. Os problemas poderão ser observados, analisados e ofereceremos propostas para soluções”, explica a professora e chefe do Departamento de Ciências Ambientais da UNIFESP, Ana Luísa Bitencourt. “O objetivo não é só a confecção de um material, mas, a apuração com uma visão científica, que ajudará nas políticas públicas da cidade”, acrescenta. 

A Prefeitura vai auxiliar informando os dados oficiais da cidade sobre vegetação, flora, fauna, dados sociais e desenvolvimento urbano. “É um projeto que vem num momento oportuno para a cidade, em função da revisão do Plano Diretor. Além de sermos o primeiro município do ABC a ter um Atlas Ambiental, o projeto também reforçará a vocação do campus Diadema em uma vertente ambiental”, explica a secretária de Meio Ambiente, Tatiana Capel, sobre os benefícios que a parceria trará a cidade

O projeto foi apresentado no dia 26/1, pelos professores da UNIFESP para o prefeito Lauro Michels, a equipe técnica da secretaria de Meio Ambiente e representantes de outras secretarias. 

 

Novembro 2018
Do Se Te Qu Qu Se
28 29 30 31 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 1