Tamanho do Texto

 

Por: Keila Macedo               Foto: Thiago Benedetti

O trabalho desenvolvido pela Secretaria de Educação com o Grupo Matéria Rima nas escolas municipais de Diadema está inspirando educadores da Alemanha. Nesta segunda-feira, 13/11,  dez integrantes do projeto alemão Street College, da Ong Gangway, visitaram três escolas e participaram das oficinas de rima, discotecagem e dança. 

Na escola municipal de Educação Básica Letícia Beatriz Pessa, no Jardim União, os educadores entraram na dança durante as oficinas de hip-hop e discotecagem.  “O meu sonho é realizar um trabalho semelhante nas escolas da Alemanha. Infelizmente, ainda não temos abertura. Estou aqui para aprender tudo com o grupo Matéria Rima, para poder levar este conhecimento e mostrar o quanto este projeto é maravilhoso, mudando a vida das crianças”, comentou uma das coordenadoras da Ong Gangway, Mirtha Perrone. Esta é a segunda vez que a instituição visita o projeto em Diadema. 

Cidade na Escola

Os alunos do Ensino Fundamental (9 e 10 anos) participam de oficinas fixas com o tema Matéria Rima Vem Comigo Hip Hop Arte, duas vezes por semana, após o período de aula. São ministradas aulas de Rap, Hip Hop, dança de rua, grafite, discotecagem e escola de pandeiro. 960 alunos da rede municipal participaram também da gravação do CD e DVD produzido pelo Grupo Matéria Rima.

“Eu adoro dançar e estudar. Aqui nós temos as duas coisas e aprendemos muito”, comentou a aluna da 4º série, Ester Maciel dos Santos da EMEB Letícia Pessa. 

O Programa Cidade na Escola tem como objetivo oferecer a Educação Integral para toda a rede municipal, ampliando o tempo de permanência dos alunos na instituição. 

“Para a família Matéria Rima é um orgulho poder compartilhar conhecimento. Eles atravessaram o Atlântico pela segunda vez este ano, para conhecer o programa. Cultura e educação não tem fronteiras”, comentou idealizador do projeto, Joelson do Nascimento Silva, o Joul do Matéria Rima.

Matéria Rima 

O grupo de Hip Hop Matéria Rima é de Diadema, incentiva a leitura e a pesquisa em suas letras. Com o desafio de transformar o conteúdo curricular em música, desenvolve projeto sociocultural em 23 escolas da rede municipal. Em 2015 conquistou as etapas regional e nacional do Prêmio Itaú-Unicef na categoria pequeno porte como experiência bem-sucedida em Educação Integral. Em 2017, gravaram com os alunos e moradores da cidade o videoclipe “Palmas Para Quem Sabe Combater”, que integra a campanha de combate ao mosquito Aedes Aegypti da Secretaria de Saúde. 

Projeto Street College da Gangway

Formado por dez voluntários, leva educação para além dos muros da escola, com o diferencial de que os jovens são livres para escolher o que querem aprender relacionado à cultura. O programa surgiu em Berlim, em 1990, após a derrubada do Muro de Berlim.

Novembro 2017
Do Se Te Qu Qu Se
29 30 31 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 1 2