SECRETÁRIO

Silas Aguiar

Contato:

11 4057-7716

SECOM EM DESTAQUE

Veja as edições do Jornal Fique Ligado

 

Na primeira semana de funcionamento do aplicativo Colab e da central telefônica 156 – plataformas em que o cidadão pode registrar serviços à Prefeitura –, os munícipes têm feito diversas solicitações. Na maioria, as demandas são referentes a podas de árvores (cerca de 25% do total), iluminação pública (19%) e estabelecimentos irregulares (5%).  

O aplicativo e a central telefônica 156 foram lançados na terça-feira (2), como parte do programa “Fala, Diadema”, e até a tarde desta sexta-feira foram mais de 40 solicitações e 470 usuários cadastrados. A perspectiva é de aumento nesses números, conforme o conhecimento dessa plataforma vá crescendo entre a população.  

Para abrir uma solicitação de serviços no Colab, é preciso baixar o aplicativo, fazer um cadastro e selecionar uma das categorias disponíveis: Drenagem Urbana; Estabelecimento Irregular; Feira Livre; Iluminação Pública; Limpeza Urbana; Meio Ambiente; Restaurante Popular; Transporte Escolar; Transporte Público; Urbanismo; Vias e Trânsito.  

Dentro dessas categorias, o cidadão tem à disposição 85 serviços (como buracos nas vias, semáforo queimado, falta de iluminação, entre outros). Após selecionar um deles, deve descrever a ocorrência e anexar uma foto, para ajudar na identificação da ocorrência. Concluído o chamado, receberá um protocolo e poderá acompanhar sua demanda.  

“A Prefeitura trouxe para o cidadão uma ferramenta inovadora, ágil e eficiente, algo muito esperado e que representa um grande salto de qualidade na prestação de serviços”, afirma Vanessa Aparecida Gomes Oliveira, gerente de relacionamento do Colab na Prefeitura de Diadema.  

Para Anderson Wiliam Castoldi Conte, diretor da Central de Atendimento ao Cidadão,  a crescente participação da população mostra que a ferramenta conseguiu estabelecer uma maior aproximação entre a Prefeitura e os munícipes. “A população aderiu e está mais próxima da Prefeitura”, diz.  

Outra funcionalidade prática do Colab é que, clicando em “feed”, é possível tomar conhecimento de outras solicitações feitas. Se o cidadão concordar com alguma delas, pode clicar em “Apoiar”, reforçando a importância dessa demanda. Além disso, pode sugerir serviços digitais que gostaria de ver serem oferecidos pela cidade.  

Outra opção é fazer as solicitações por meio da nova central 156, em que o cidadão poderá demandar os mesmos serviços do aplicativo. Se preferir registrar alguma solicitação presencialmente, o munícipe poderá recorrer à Central de Atendimento, que continua operando normalmente, mediante agendamento.

Texto: Daniel Vasques
Foto: Igor Andrade