Tamanho do Texto

 

Diadema integra a Região Metropolitana de São Paulo, formada por 39 municípios e está inserida na região do Grande ABCD, composta por sete cidades.

Distante 17 km do marco zero de São Paulo, localizado na Praça da Sé, Diadema tem 30,7 km², o que representa 4,94% de todo o território do ABCD paulista e 0,01% do território estadual.

A população, segundo números do Censo IBGE 2010, é de 386.039 habitantes, o que ocasiona uma densidade demográfica de 12.574 pessoas por km², a segunda maior do país.

A cidade é a 14ª economia do Estado de São Paulo (Secretaria Estadual da Fazenda/2010) e a 41ª economia do Brasil (IBGE 2008). O PIB per capita, previsto para 2010, é de R$ 25,9 mil.

 

Bairros por ordem decrescente de área

Eldorado: 6,690 km² - 43.571 pessoas

Centro: 4,129 km² - 45.173 pessoas

Piraporinha: 2,753 km² - 25.557 pessoas

Conceição: 2,858 km² - 43.876 pessoas

Casa Grande: 2,738 km² - 38.261 pessoas

Serraria: 2,270 km² - 31.787 pessoas

Canhema: 2,050 km² - 26.424 pessoas

Campanário: 1,959 km² - 29.630 pessoas

Vila Nogueira: 1,762 km² - 33.916 pessoas

Inamar: 1,195 km² - 25.779 pessoas

Taboão: 2,305 km² - 42.065 pessoas

 

Outros dados sobre a cidade:

Maior altitude: Jardim Santa Cândida - 865m acima do nível do mar

Menor altitude: Vila Idealópolis, Piraporinha

Relevo: acidentado, pequenas colinas e morretes alongados. Poucas áreas planas

Altitude predominante: Em torno de 700 a 800 metros

Área verde: Diadema possui, em média, 10 m² de área verde por habitante. A maior parte das áreas verdes, no entanto, está concentrada ao sul do município, dentro da área delimitada como de Proteção e Recuperação aos Mananciais (APRM). Assim, os demais bairros apresentam índices inferiores, que variam desde 1 m² em Casa Grande a 6 m² no Centro.

Clima: Duas estações bem definidas. Verão pouco quente e chuvoso. Inverno ameno e subseco. As temperaturas médias giram em torno de 25ºC graus.

Índice pluviométrico médio: Aproximadamente 1.400 a 1.500 mm por ano.

 

A maior parte da rede hidrográfica está orientada para noroeste do Estado de São Paulo, em direção à calha do Tietê, formada pelos seguintes córregos e ribeirões:

Ribeirão dos Couros - 7.500 m (principal da cidade)

Córrego Mato Dentro - 5.100 m

Córrego da Capela - 4.695 m

Córrego do Floriano - 4.395 m

Córrego do Taboão - 4.000 m

Córrego Araújo - 1.798 m

Córrego Grota Funda (sul)

Córrego da Capela (leste)

Córrego Curral Grande (leste)

Córrego Campanário (norte)