Serviços Mais Procurados

 

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística iniciou hoje (1º/8) o Censo Demográfico 2022, que trará um mapeamento completo do país, com pesquisas realizadas em todos os domicílios. O último censo foi realizado em 2010.

Segundo o IBGE, no Censo 2022, há dois tipos de questionário: o básico e o ampliado, este último respondido por cerca de 11% dos domicílios.

O questionário básico tem blocos de perguntas gerais, como informações do domicílio e dos moradores (identificação étnico-racial, registro civil, educação etc.). Já o questionário ampliado investiga também itens como trabalho, rendimento, nupcialidade e religião, entre outros tópicos. Apenas um morador deve responder por domicílio, o que leva de cerca de 5 a 15 minutos.

Segundo Geraldo Junior Carneiro, coordenador de área do Censo em Diadema, a pesquisa reúne na cidade 220 recenseadores (que poderão chegar a 371), que têm como meta visitar todos os cerca de 140 mil domicílios de Diadema. “Visitaremos dos núcleos habitacionais até os grandes condomínios.”

Para a organização do Censo no município, o IBGE dividiu os recenseadores em quatro postos estratégicos (Centro, Eldorado, Vila Nogueira e Campanário), abrangendo diferentes partes da cidade. A previsão é que os trabalhos de pesquisa durem três meses.

De acordo com o IBGE, todas as informações coletadas são confidenciais e protegidas por sigilo e ajudam no estabelecimento de prioridades pelos governos, como a implantação de serviços básicos de saúde, escola e emprego, além de subsidiar os investimentos da iniciativa privada.

VISITA À PREFEITURA

Para discutir o início dos trabalhos, Carneiro esteve nesta segunda-feira no Paço Municipal, acompanhado de parte de sua equipe, onde se encontrou com o prefeito de Diadema, José de Filippi Jr. Na ocasião, o prefeito destacou a importância de receber bem os recenseadores.

“O pessoal já fez as primeiras perguntas para mim, dando início formal ao Censo em Diadema. Teremos todo um sistema de segurança e orientação para os recenseadores. É importante a gente contar o número de moradores da nossa cidade para que possamos aperfeiçoar as políticas públicas em Diadema”, afirmou Filippi.

Carneiro disse que a receptividade do prefeito foi muito boa. Agora planeja reuniões com algumas secretarias, buscando apoio em diversas frentes, com destaque para a divulgação dos trabalhos.  

Por Daniel Vasques
Foto: Dino Santos


Vídeos em destaque