Serviços Mais Procurados

 

A Prefeitura de Diadema e a Associação dos Condutores do Transporte Escolar chegaram a um acordo durante reunião realizada na manhã de terça-feira (4), que garantiu o atendimento da maioria das reivindicações apresentadas pela entidade profissional na semana passada.

Para o secretário dos Transportes, José Evaldo, o acordo é uma demonstração do empenho da Prefeitura em atender as demandas dos profissionais do transporte escolar. “Solucionamos as questões na base diálogo e temos o compromisso de continuar com esse canal de comunicação aberto”, disse.

O acordo garante a isenção de 2021 e remissão de 2020 da taxa TLF e do ISS-QN e, para tanto, projeto de lei será encaminhado à Câmara para ser votado até o próximo dia 14. Quem realizou o pagamento será reembolsado.

Também será regulamentado em lei o aumento de dois anos de utilização para todos os veículos escolares, mais a adequação da Lei do Transporte Escolar.

Outra reivindicação atendida foi a entrega de cestas básicas a todos os condutores, que vai acontecer ainda nesta semana. 

Só não houve acordo no pagamento de auxílio emergencial em decorrência da falta de recursos da Prefeitura.

Já a vacinação para todos os condutores e monitores vai depender da aprovação, liberação e envio das doses pelo governo do Estado.